O Programa municipal de apoio à natalidade está a beneficiar as famílias Lagoenses, mas também o comércio local onde as verbas atribuídas têm de ser aplicadas.

O programa municipal de incentivos à natalidade existe no concelho de Lagoa desde 2016. Desde a sua criação até ao final de 2020 foram recebidas pelo Município 406 candidaturas, das quais foram aprovadas 322.

O total de incentivos concedidos ao abrigo deste programa soma já 455 702,38€ e atingirá o 500 000,00€ muito em breve. Deste montante global, mais de metade foram atribuídos durante os anos de 2019 e 2020, mais precisamente 154.412,22€ durante o ano de 2020 e 129.127,71€ durante o ano de 2019. O valor do apoio a cada família, por altura do nascimento de uma criança, pode ir atualmente até 2.000,00€ euros. As condições de candidatura a esta verba exigem que no registo de nascimento conste um lugar do concelho de Lagoa, que os pais sejam residentes neste concelho há mais de dois anos contínuos e recenseados há pelo menos um ano (por referência à data do novo nascimento).

Luís Encarnação, presidente da Câmara de Lagoa, considera que «este incentivo específico é muito importante para o aumento da natalidade no concelho, à fixação das famílias e à melhoria das condições de vida das famílias lagoenses.»

Fazendo parte de um conjunto de políticas municipais de apoio à família, este programa produz um duplo efeito, acrescenta ainda o autarca: «Ajuda as famílias, nomeadamente jovens que estão a iniciar a sua vida profissional e a constituir novos núcleos familiares, mas contribui também para a dinamização do comércio local, já que o dinheiro deste apoio tem de ser gasto nos estabelecimentos do concelho de Lagoa».