“Lagoa a Ler”, “B’Epis”, “As terapias vão a casa”, “ Agarra a Emoção em Casa”, “Uma escola feliz é o que se quer, em casa” com o Portalbullying, são projetos que funcionam agora em ambientes virtuais para continuar o apoio aos percursos escolares e à comunidade educativa do concelho.

 

O Programa Municipal do Livro e da Leitura “Lagoa a Ler” vai disponibilizar - no sítio oficial do Município de Lagoa - histórias, metodologias e estratégias que têm como objetivo apoiar as crianças, famílias, educadores de infância e docentes de 1º ciclo na promoção da linguagem e da literacia. 

No mesmo espaço serão apresentadas propostas de livros de géneros literários diversos, acompanhados de dicas e estratégias de leitura. Já as sessões dos projetos “Brincar com as palavras” e “Crescer a Ler” vão ser enviadas semanalmente aos educadores de infância e docentes dos estabelecimentos de ensino do concelho inscritos nestes projetos no ano letivo em curso. 

O projeto EPIS já faz parte do dia-a-dia dos alunos dos 2º, 3º ciclo e secundário do concelho de Lagoa desde o ano letivo 2018/2019. Para continuar a apoiar estes alunos, o município está a adaptar para o formato on-line - através de ferramentas como o Whatsapp, Skype e Zoom -  as metodologias de intervenção utilizadas em contexto escolar. Assegura, assim, um contacto muito próximo com os alunos, famílias e docentes. Estão a preparar-se publicações, também na página web do município, de vídeos com temas pertinentes para o contexto atual, visando contribuir para a manutenção do equilíbrio pessoal e familiar. 

“As Terapias vão a casa” é o nome da alternativa on-line para as sessões de intervenção presenciais de Terapia da Fala e de Neuropsicologia, desenvolvidas normalmente em contexto escolar com os alunos do pré-escolar e 1º ciclo. Também através da página on-line do município, as famílias podem ter acesso a varias estratégias e atividades a desenvolver diariamente, em casa, com as suas crianças. 

Vão assim, ser divulgadas duas vezes por semana “Neuro-dicas para fazer em casa”. Estas dicas visam contribuir para estimular algumas funções essenciais ao processo de aprendizagem como a memória, a atenção, o raciocínio, entre outras. Ao mesmo tempo, vão ser sugeridas tarefas curtas para promover a consciência fonológica. “As terapias vão a casa” dispõem-se a continuar o apoio individualizado, comunicando com as famílias através do Whatsapp, Email, Skype e Zoom.

Já o “Portalbullying”, em tempo de ficar em casa para prevenir o contágio da doença por COVID 19, assume-se como uma ferramenta de apoio útil para alunos, famílias, educadores e professores. Para além do chat e do fórum, estão a ser agilizadas as modalidades Skype e Zoom. A comunicação não violenta, as estratégias para lidar com o stress, com a ansiedade, com o medo, serão os temas centrais a trabalhar nesta plataforma on-line.

Ficarão ainda disponíveis formas de apoio psicológico individualizado para os profissionais da educação no concelho de Lagoa, através de sessões individuais por videoconferência e sessões de grupo. A gestão do stress e das emoções neste período de confinamento, serão o tema das “psica-dicas” direcionadas para docentes e famílias, a partilhar na página on-line do município no âmbito do projeto “Agarra a Emoção em Casa”. 

Para informar e comunicar sobre estas formas de apoio à comunidade escolar do concelho de Lagoa, foi aberto um endereço eletrónico específico: . Mas continuam disponíveis os habituais contactos, 282 380 400 (Geral) ou 282 101 110 (Gabinete de Educação)