Quase nove centenas de amantes do ciclismo – federados e amadores – participaram no Granfondo e Médiofondo que fez da Algarvia 2020 a Volta de todos/as.

 

 “O Granfondo Cofidis”, da 46ª volta ao Algarve em bicicleta, contabilizou 121 quilómetros e um acumulado de 2143 metros. Foi a prova onde alinharam os participantes com melhor condição física, já que o seu percurso, com partida e chegada a Lagoa, subiu ao ponto mais alto e emblemático da Algarvia e do ciclismo português.

 Em alternativa, “Mediofondo” com 78,7 quilómetros e um acumulado de 959 metros, também com saída e retorno a Lagoa, ofereceu uma rota mais acessível a quem optou por conciliar a sua própria volta de bicicleta com a possibilidade de aplaudir os ciclistas que terminavam o contrarrelógio com que fechou a edição da Algarvia 2020.

Essa última etapa, ou contrarrelógio individual atravessou 20, 3 quilómetros do concelho de Lagoa. Pouco tempo antes, pelo mesmo percurso e pelas privilegiadas paisagens deste concelho algarvio, deslizaram cerca de seis dezenas de patinadores em linha, que cumpriam a 2ª etapa da Prova Internacional de Patinagem de velocidade. Este foi “um espetáculo de rara beleza, competição e emoção” afirmou Luís Encarnação Presidente do Município de Lagoa.

A manhã de 23 de fevereiro selou assim, com momentos e imagens inolvidáveis, mais uma edição da Volta que com as imagens que mostrou ao mundo, confirmou Lagoa como um palco excecional para “grandes eventos desportivos”.

O propósito de acolher em Lagoa “grandes eventos desportivos” corresponde ao 3º eixo da estratégia de desenvolvimento desportivo que Luís Encarnação vem defendendo enquanto responsável pelo pelouro do Desporto. Ou outros dois eixos referem-se ao “desporto para todos” e ao “desporto de competição”.

Pin It

Candidatura Online aos apoios educativos

Plataforma Municipal Digital de Gestão Escolar

COVID-19: página oficial

Lagoa 2020 - Cidade Sustentável

Valores de 10/04/2021