O balanço da 1ª Volta a Portugal em 50 cc – Lady’s Edition confirma a enorme capacidade e determinação das mulheres também sobre duas rodas motorizadas. Em 2020 este tipo de eventos voltará a contar com o apoio do município Lagoense.

Luís Encarnação, presidente do município de Lagoa recebeu a cidadã lagoense Paula Loureiro - uma das oito mulheres que correram o país em motos de 50 cc, em dezembro 2019 -, Nelson Francês o principal promotor da iniciativa e Gonçalo Caiola, membro da equipa. Juntos avaliaram o que já aconteceu e o que pode vir a acontecer.

O balanço da primeira edição desta volta no feminino destaca o enorme interesse e acompanhamento pelas redes sociais que o evento registou. Regista ainda o elevado nível de dificuldade da prova, agravada pelas condições de chuva ao longo de todo o percurso, a que as participantes responderam com elevada capacidade de superação.

Segundo o mentor desta iniciativa e de outras congéneres, Nelson Francês, o objetivo destes eventos é unir pessoas e esforços. E neste evento isso foi atingido. O desconhecimento prévio entre as participantes, ou falta de proximidade entre elas, era um dos critérios para integrar a equipa. Dispuseram-se ainda a dormir e comer em casa de quem se disponibilizava para as acolher. O planeamento e a divulgação do evento foram outras componentes fundamentais para o sucesso alcançado.

O projeto da volta à Europa é o desafio que se segue, mas só depois da sua participação numa prova em New Jersey (Estados Unidos), já próxima no calendário, revelou Nelson Francês ao presidente de Lagoa.

O autarca lagoense respondeu com disponibilidade para apoiar iniciativas futuras que permitam evidenciar a capacidade de realização das mulheres, chamando a atenção para a necessidade de cumprir os seus direitos. Salário igual para trabalho igual, equidade no acesso oportunidades, eliminação da violência sobre mulheres, são alguns dos desígnios com que o município de Lagoa está comprometido.

Esta opção do executivo de Lagoa está expressa na eleição do 5º (Igualdade de Género) dos 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) – AGENDA 2030, apontados pela ON «Acabar com todas as formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas, em toda parte.»

 

 

Pin It

Candidatura Online aos apoios educativos

Plataforma Municipal Digital de Gestão Escolar

COVID-19: página oficial

Lagoa 2020 - Cidade Sustentável

Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies de acordo com estas instruções.