Palma Inácio um herói da resistência

Hermínio da Palma Inácio (1922-2009) iniciou-se cedo na luta contra o regime de Salazar, tendo, ao longo da sua vida, protagonizado histórias reais dignas de um filme, entre as quais se contam duas fugas bem-sucedidas, uma dos calabouços da PIDE, no Porto, e outra do Aljube. Diversas ações revolucionárias, como a “Operação Vagô”, a “Operação Mondego” e a “Operação Covilhã”, tornaram Palma Inácio célebre pela luta de libertação do seu país do fascismo.

O Revolucionário ingénuo, como o caracterizava a poetisa Natália Correia, foi um dos homens mais temidos pela Ditadura. Recusou sempre, na sua modéstia, o estatuto de Herói. Mas jamais poderá recusar o lugar cimeiro que a História da Luta contra a tirania lhe reserva. Portugal continua a ter Memória, e a Freguesia de Ferragudo e o Concelho de Lagoa,  jamais esquecerão este seu filho. A prová-lo, está a homenagem de que foi alvo, em 1 de Maio de 2007, com a presença de Palma Inácio e do seu amigo Mário Soares, na qual foi descerrada simbolicamente uma lápide com a seguinte inscrição: “Largo Palma Inácio, Herói da Resistência”.

Passados 10 anos do seu desaparecimento físico, a Câmara Municipal de Lagoa e a Junta de Freguesia onde Palma nasceu recordam-no, uma vez mais, ao realizar esta palestra em sua memória.

Pin It

Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies de acordo com estas instruções.
ACEITAR NÃO