Breve história

  • ArquivoMunicipal4

O edifício que alberga o Arquivo Municipal de Lagoa começou a ser construído em 1887, servindo durante mais de meio século, como depósito de água para colmatar a necessidade de abastecimento à Vila de Lagoa.
Após um longo período de inatividade foi reconvertido para , entre 1983 e 1997, instalar a Biblioteca Municipal de Lagoa.

Em 1999, a Câmara Municipal de Lagoa concorreu ao Programa de Apoio à Rede Nacional de Arquivos Municipais, patrocinado pelo, na altura denominado, Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo, visando a adaptação do edifício para Arquivo Municipal, a aquisição de equipamentos de gestão e tratamento arquivístico. Inaugurado em 2001, o edifício enceta assim, uma nova fase da sua existência: a de Arquivo Municipal de Lagoa.

A documentação que faz parte integrante do Arquivo Municipal de Lagoa, consiste num acervo, que se foi acumulando ao longo dos tempos. Armazenada, primeiro na C. M. L. (inclusive nas águas furtadas), foi maioritariamente transferida para o Convento de S. José, onde permaneceu durante duas décadas. O serviço de Arquivo Municipal pertence à Divisão de Ação Sociocultural.

  • ArquivoMunicipal5

 

Missão e princípios orientadores

  • ArquivoMunicipal6

O Arquivo Municipal assume como missão a salvaguarda, valorização e divulgação do património arquivístico do Concelho de Lagoa.

Os seus principais objectivos estratégicos consistem em definir e aplicar parâmetros legais e de boas práticas na gestão e tratamento arquivístico, de forma a assegurar a salvaguarda do nosso património documental tornando disponível e de fácil acessibilidade essa informação.
Para tal, concebe e aplica instrumentos descritivos que contribuem para uma melhor identificação e maior rapidez e precisão da acessibilidade da informação. Rege a sua atuação proactivamente no sentido de proceder a um levantamento das necessidades e dos interesses dos utilizadores, visando assim responder eficientemente.

Prestar um serviço cultural e didáctico, promovendo hábitos de investigação, de conservação e de consciencialização para o património local, particularmente o documental, é igualmente um pilar constante da atividade do serviço de Arquivo Municipal.

 

Acervo documental

  • ArquivoMunicipal3

O acervo do Arquivo Municipal de Lagoa é constituído por diversificada documentação produzida desde meados do século XVII até finais ao corrente século XXI. Disseminada por distintos espaços camaráros, a documentação foi maioritariamente concentrada no Convento de São José em 1983. No final do século, o edifício do antigo Depósito de Água foi adaptado para albergar a documentação do atual Arquivo Municipal. Não tendo sido ainda completado o inventário desta documentação, a que já o foi, integra distintos fundos documentais cujas séries são discriminadas no Quadro de Classificação. Integra distintos fundos, sobretudo referentes ao Concelho de Lagoa.

 


Salienta-se que o facto de o levantamento do acervo documental se encontrar incompleto, faz com que o mesmo seja provisório.

 

Fundos Documentais

Estatais: Administração do Concelho de Lagoa, Câmara Municipal de Alvor, Câmara Municipal de Lagoa, Comissão Municipal de Assistência de Lagoa, Comissão Municipal de Higiene de Lagoa, Comissão Regional de Turismo do Algarve, Direção Geral de Saúde, Ministério do Interior, Ministério do Trabalho, Recebedoria do Concelho de Lagoa.

Privados: Companhia Geral de Seguros, Empresa Corticeira Lagoense, Previdência: Companhia Geral de Seguros.

Colectividades: Adega Cooperativa de Lagoa, Armação do Cabo de Carvoeiro, Associação de Regantes e Beneficiários, Club Agrícola Lagoense, Fraternidade Operária Lagoense, Grémio da Lavoura de Lagoa, Santa Casa da Misericórdia, Sindicato Agrícola de Lagoa.

Familiares: Azevedo e Lobo, Barbado, Biker, Cabrita, Carneiro, Formosinho, Correia Ribeiro, Júdice, Lima, Mafra, Pereira Rocha, Sousa Correia, Sousa Prado.
 

Atividades

Periodicamente são realizados eventos, de âmbito cultural e pedagógico, que visão a divulgação da história do concelho de Lagoa e a valorização do acervo documental, tais como:

  • Conferências
  • Encontros de colecionismo
  • Exposições
  • Publicações
  • Reproduções históricas
  • Visitas de estudo
  • Visitas guidas
  • ArquivoMunicipal3

 

Serviços

Os utentes do Arquivo Municipal de Lagoa têm à sua disponibilidade os seguintes serviços:

Consulta

A consulta de documentos na Sala de Leitura implica o preenchimento, por parte do utente, de uma Ficha de Leitor. Nesta os serviços atribuem um número de leitor e os dados pessoais constantes servem exclusivamente para análises estatísticas internas, divulgação promocional e de eventos culturais do Arquivo. Após completar esta Ficha de Leitor é preenchida uma outra, com o apoio dos nossos serviços, a Ficha de Consulta onde se especifica a documentação a ser consultada: a Ficha de Consulta.

A solicitação de pesquisa a efectuar pelo Arquivo destina-se a pessoas que não tenham disponibilidade de se deslocarem ao Arquivo Municipal. Esta solicitação tem de ser efectuada por escrito, seja presencialmente, através de correio eletrónico, correio normal ou fax, devendo conter os dados pessoais constantes na Ficha de Leitor e o assunto, o mais minuciosamente possível, sobre o qual o utente deseja obter informações.

Reprodução de Documentos

Os utentes podem igualmente solicitar a reprodução de documentos. Neste caso é preenchida uma Ficha de Requisição de Fotocópias. Os valores cobrados e os suportes disponibilizados são os que constam no preçário em vigor.

De observar que a consulta local e as reproduções, devido ao estado de conservação e prazos legais de alguma documentação, necessitam de ser previamente autorizadas pelo serviço.

 

Os utentes do Arquivo Municipal de Lagoa têm à sua disponibilidade os seguintes serviços:

Consulta presencial

A consulta de documentos na Sala de Leitura implica o preenchimento, por parte do utente, de uma Ficha de Leitor. Nesta os serviços atribuem um número de leitor e os dados pessoais constantes servem exclusivamente para análises estatísticas internas, divulgação promociional e de eventos culturais do Arquivo Municipal. Após completar esta Ficha de Leitor é preenchida uma outra, com o apoio dos nossos serviços, onde se especifica a documentação a ser consultada: a Ficha de Consulta.

 

Reprodução de documentos

Os utentes podem igualmente solicitar a reprodução de documentos. Neste caso é preenchida uma Ficha de Requisição de Fotocópias. Os valores cobrados e os suportes disponibilizados são os que constam no preçário em vigo.

 

Solicitação de pesquisas

A solicitação de pesquisa a efetuar pelo Arquivo Municipal. Destina-se a pessoas que não tenham disponibilidade de se deslocarem ao Arquivo Municipal. Esta solicitação tem de ser efetuada por escrito, seja presencialmente, através de correio eletrónico, correio normal ou faz, devendo conter os dados pessoais constantes na Ficha de Leitor e o assunto sobre o qual o utente deseja obter informações.

 

 

De observar que a consulta local ou as reproduções, devido ao estado de conservação e prazos legais de alguma documentação, necessitam de ser previamente autorizadas pelo serviço.

 

 

 

Regulamentos

 

Preçario

 

Serviço de reprografia

  Estudantes/Professores  Outros
 Fotocópia A4  0,05 € 0,07 € 
 Fotocópia A4 a cores  0,40 € 0,50 € 
 Fotocópia A4 acetato  0,15 € 0,15 € 
 Fotocópia A3  0,10 € 0,15 € 
 Imagem CD-Rom  1,25 € 1,50 € 

 

 

Slider

Ainda sem publicações disponiveis.