Saiba como proceder se presenciar ou for vítima de um acidente rodoviário. Do seu comportamento depende a sua segurança e a de outras pessoas.

E não esqueça, a prevenção é o primeiro "gesto" que salva.

 

Proteger

  • Não fume nem permita que alguém faça lume. Pode haver incêndio ou explosão devido a combustível derramado;
  • Desligue o motor dos veículos acidentados;
  • Imobilize os veículos sinistrados com o travão de mão. Se possível coloque calços ou pedras nas rodas;
  • Cubra com terra as manchas de combustível ou óleo derramado;
  • Se houver incêndio use um extintor ou terra para o apagar;

 

Sinalizar

  • Coloque o triângulo de emergência;
  • Faça, ou peça a alguém, para fazer sinal aos outros condutores para que reduzam a velocidade ao aproximarem-se do local do acidente;

 

Alerta

  • Ligue 112 ou utilize os postos avisadores SOS. Nunca parta do princípio que alguém já o fez. Estacione em segurança antes de telefonar

 

 

Indique

  • O local do acidente, e o sentido em casa de via com separador;
  • Número e idades aproximadas das vítimas;
  • Estado aparente das vítimas e se alguma está encarcerada;
  • Se há situações de perigo (incêndio, derrame de óleo, estrada bloqueada, etc);
  • Número de veículos envolvidos;
  • Tipo de veículos (ex: ligeiros, pesados, motociclos, de transporte de mercadorias perigosas);
  • Em caso de acidente com transporte de mercadorias perigosas não se aproxime do local e tente evitar que outros o façam. Se possível identifique o nome da empresa e os números inscritos no painel laranja (se existirem);

 

Socorrer

  • Tente agir com rapidez, mas se não tiver preparação não lhes mexa. Os primeiros socorros mal prestados podem ocasionar lesões ou agravar as já existentes;
  • Só numa situação de incêndio deve tentar retirar uma pessoa encarcerada, caso contrário não o faça;
  • Não tire o capacete a um motociclista acidentado;
  • Não lhes dê de beber ou comer;
  • Fale com elas e reconforte-as;

 

 

 

Prevenção, proteção e sensibilização