Recolha de Recicláveis – Esclarecimento / Pedido de colaboração à população

Em plena Época Alta, a produção de resíduos urbanos tem aumentado exponencialmente, resultado do número elevado de turistas presentes no Algarve e, nomeadamente, no concelho de Lagoa.

A recolha dos chamados Resíduos Urbanos Indiferenciados, é da responsabilidade dos serviços do Município de Lagoa. Nesta altura, essa recolha é efectuada todos os dias, num esforço desenvolvido de forma a evitar acumulações desse tipo de resíduos junto aos contentores, o que tem vindo a ser conseguido.

Por outro lado, a recolha dos Resíduos Recicláveis (Papel, Embalagens e Vidro), colocados nos Ecopontos e Ilhas Ecológicas, é da inteira responsabilidade da empresa Algar, que efetua a recolha destes resíduos em todo o Algarve. Refira-se que essa empresa tem a responsabilidade da gestão em Alta dos Resíduos Recicláveis e não é contratada pelo Município de Lagoa.

Atendendo às grandes quantidades de Resíduos Recicláveis que estão a ser produzidos nesta altura, representando o elevado número de visitantes no nosso concelho, bem como uma elevada atividade do comércio existente, têm havido alguns problemas pontuais em alguns locais mais críticos, onde a Algar não tem conseguido dar resposta, verificando-se acumulações destes resíduos junto aos ecopontos e ilhas ecológicas.

Face a este problema, foi efectuada na semana passada uma reunião entre a Administração e Técnicos da Algar e o Executivo e Técnicos do Município de Lagoa, de forma a analisar a situação e tomar as medidas necessárias à minimização deste problema. Nessa medida, a Algar já reforçou a frequência de recolha nos seus vários circuitos do Algarve, tendo inclusive contratado uma empresa privada para esse efeito, de forma a tentar dar resposta a este aumento na produção de recicláveis e a garantir a recolha com maior frequência de ecopontos e ilhas ecológicas, principalmente nas zonas mais críticas do concelho de Lagoa (Carvoeiro e Ferragudo).

Por outro lado, e dado que grande parte destas quantidades de recicláveis são produzidas pelos comerciantes, lançávamos o apelo para que esses mesmos comerciantes possam aderir à Algarlinha (Número de Contacto: 800 915 331), um serviço disponibilizado pela Algar e que recolhe, de forma gratuita, estes resíduos diretamente no local de produção. Desta forma, desviando-se os recicláveis produzidos no comércio, dos ecopontos e ilhas ecológicas, consegue-se garantir que esses pontos de recolha tenham maior disponibilidade para receber os resíduos recicláveis produzidos domesticamente, evitando-se, também, as acumulações no seu exterior e garantindo-se que os circuitos de recolha da Algar consigam garantir a recolha adequada dos mesmos.

O Município de Lagoa lança, assim, o apelo para que nesta altura de grande produção de resíduos, todos possamos colaborar para minimizar a existência de resíduos no exterior dos pontos de recolha, evitando-se a sua incorreta deposição, de forma todos juntos, garantirmos um concelho mais limpo!

 

O Presidente