Lourdes Mata

 Lourdes Mata
ISP - Instituto Universitário

Especialização em Estudos da Criança no âmbito do Doutoramento, mais especificamente no estudo da literacia familiar e dos ambientes familiares e de eventuais relações entre as suas características e as competências emergentes de literacia em crianças de idade pré-escolar. Desde há vários anos que uma das áreas principais de investigação tem sido a literacia emergente e as maneiras pelas quais as crianças se vão apropriando das convenções da leitura e escrita. Atualmente, um dos principais interesses de investigação direciona-se para a identificação e caracterização de fatores contextuais e pessoais que interferem no desenvolvimento da literacia emergente. Entre eles destacam-se o estudo das características motivacionais e as práticas de literacia na família. Um outro interesse de investigação prende-se com a identificação e caracterização dos componentes afetivos do processo de aprendizagem ao longo da escolaridade, tais como a motivação, o autoconceito, a autoestima e o apoio social dos colegas e pais.

 

 

Patrícia Constante

Patrícia Constante
Câmara Municipal Matosinhos

Psicóloga. Frequentou a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, onde concluiu a Licenciatura Pré-Bolonha e o Mestrado em Temas de Psicologia. Trabalha desde 2008 na Câmara Municipal de Matosinhos, e implementa em contexto escolar, para além de apoio psicológico e consultadoria a docentes e pais, os Projetos “A Ler Vamos…” e “Matiga – Matemática Amiga”, que se destinam a promover atempadamente competências matemáticas e de literacia emergente, na educação pré-escolar, e a intervir nas dificuldades de aprendizagem da leitura e da escrita, no 1.º ciclo do ensino básico. Tem vindo a desenvolver, ainda, formação a educadores e professores neste âmbito.

 

 

Sandra Barão Nobre

Sandra Barão Nobre

Abiblioterapeuta.com

Cidadã portuguesa nascida em França em 1972, regressou a Portugal com a família em 1980 e vive em Portimão, no Algarve, até ao fim dos estudos secundários. Em 1995 licencia-­se em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade de Lisboa. Desempenhou funções na Telecel, na Câmara de Comércio Uruguaio-­Portuguesa (em Montevideu), na Fundação de Serralves e na livraria on-­line WOOK (do Grupo Porto Editora), onde trabalhou entre 2003 e 2015. Nos entretantos, nunca parou de apostar na sua formação, de ler e viajar. Em 2011, cria o Acordofotografico.com — um site onde, com fotografias e textos da sua autoria, homenageia o ato de ler — e em 2014 parte de mochila às costas para fazer uma volta ao mundo e concretizar um sonho antigo. Após o regresso a Portugal, decide mudar de vida e trabalhar por conta própria. Em 2015/2016 obtém um certificado internacional de Coaching Practitioner e lança, em 2016, Abiblioterapeuta.com, um serviço de Biblioterapia. Nesse mesmo ano, em parceria com a Mindshake, empresa especialista em pensamento criativo, começa a trabalhar na implementação de projetos de Biblioterapia em contexto corporativo. Em Junho de 2017, a convite da Relógio d’ Água Editores, publica o livro “Uma Volta ao Mundo com Leitores”, um relato da viagem feita em 2014, onde os leitores fotografados também são protagonistas. Em Outubro desse mesmo ano, a convite da Imprensa Nacional-­Casa da Moeda, assume a coordenação do projeto “Ler Faz Bem”, que tem como objetivo humanizar a experiência de internamento hospitalar através da leitura em voz alta.
Não pode passar sem livros e viagens. Aprender continuamente é o seu maior estímulo.

 

 

João Canossa Dias

João Canossa Dias

ARCIL - Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã

Formado em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde do Porto, concluiu mestrado em Ciências da Educação na Universidade de Coimbra, Master of Science em Comunicação e Perturbações da Comunicação na Universidade de Groningen e especialização profissional em Literatura Infantojuvenil pela Universidade Autónoma da Barcelona. Exerce como terapeuta e Diretor Técnico de Reabilitação na Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL), tendo as áreas da Intervenção Precoce e Educação Inclusiva como contextos de eleição para a intervenção terapêutica/pedagógica. Como formador e consultor atua a nível internacional, regressando a Portugal sempre com maior vontade para renovar práticas e introduzir melhorias. É autor de material didático das entidades AREAL Editores, ARCIL, Imagina e Speak in Motion e colabora em projetos variados de investigação nas áreas do desenvolvimento da linguagem e da fala, entre outros.

 

 

Dina Mendonça

Dina Mendonça

IFILNOVA, NOVA FCSH, UNL

Membro da equipa de investigação do Instituto de Filosofia da Nova da Universidade Nova de Lisboa desenvolvendo trabalho de investigação sobre Filosofia das Emoções. Licenciou-se em Filosofia pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa em 1993. Depois foi para os EUA onde tirou o Mestrado em Filosofia para Crianças em 1996 na Universidade de Montclair, com a tese sobre “A Experiência Estética em John Dewey e a sua aplicação em Filosofia para Crianças” onde estudou com os fundadores do programa Filosofia para Crianças Matthew Lipman e Ann Sharp. Doutorada em Filosofia com tese sobre “A Anatomia da Experiência – uma Análise do Conceito de Experiência de John Dewey” pela Universidade de South Carolina em 2003. Tem participado e desenvolvido vários projetos na área da Filosofia para Crianças trabalhando na divulgação, formação (Projeto Escola Criativa do Serviço Cultural e Educativo do Centro Cultural de Cascais 2005-2014; Escola de Verão da Universidade Nova de Lisboa) concepção e experimentação de material pedagógico original (“Brincar a Pensar? Manual de Filosofia para Crianças” Plátano, 2011), e tem colaborado em vários projetos criativos (A Preguiça Ataca? (2007), Projeto Respira (Dançar é Crescer – Aldara Bizarro e o Projeto Respira, de Paula Varanda, Caleidoscópio, 2012), A Nova Bailarina (2011) & As linhas de Newton (2014) de Aldara Bizarro; Projeto Pedagógico 10x10 da Fundação Calouste Gulbenkian, Poemas para Bocas Pequenas de Margarida Mestre e António-Pedro (livro CD Poemas para Bocas Pequenas, Boca –Palavras que Alimentam 2015).

 

 

Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site. Para não autorizar a sua utilização, por favor utilize as opções do seu browser e altere as definições de cookies de acordo com estas instruções.
ACEITAR NÃO