Património do Concelho de Lagoa

28 de junho a 27 de agosto - Votação e implementação dos projetos.

Maravilhas de Lagoa, uma montra para o Património de Lagoa-concelho.

Entre 1 de julho e 31 de agosto de 2017, os habitantes, visitantes e amigos/as de Lagoa, estão convidados/as a (re)descobrir o Património sediado neste território.

A iniciativa “Maravilhas de Lagoa” surge no âmbito do tema definido pelo Município para o ano de 2017 “Património – Olhar o passado rumo ao futuro”. Pretende-se assim dar a conhecer os muitos sítios e monumentos do concelho de Lagoa, promovendo ao mesmo tempo a necessidade de os salvaguardar e preservar.

Consciente de que o património é pertença de todos e todas, a autarquia convidou diversas estruturas associativas e entidades interessadas para conjuntamente se concentrarem sobre os seguintes dez primeiros destaques:

  1. Paisagem Natural da Orla Costeira (Praia da Marinha; Algar de Benagil; Algar Seco);
  2. Promontório da Senhora da Rocha (Porches);
  3. Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Porches);
  4. Convento de São José (Lagoa);
  5. Igreja de Nossa Senhora da Luz (Lagoa);
  6. Igreja de São Tiago (Estômbar);
  7. Igrejas da Misericórdia (Lagoa e Estômbar);
  8. Parque Municipal do Sítio das Fontes (Estômbar);
  9. Capela de Santo António (Mexilhoeira da Carregação);
  10. Casco urbano tradicional (Ferragudo). 

O elenco destas dez maravilhas,  resultou da observação e análise de um vasto conjunto de sítios, edifícios e conjuntos patrimoniais do concelho de Lagoa destacando-se nesta primeira edição dez  destes espaços e sítios que serão explorados e integrados na dinâmica comunitária, levando a uma apropriação dos mesmos pelas Associações locais que os irão promover com o apoio das autarquias, Município e Juntas de Freguesia.

O convite para participar no processo de relevo de cinco destas marcas identitárias de Lagoa do Algarve é agora alargado a todos os cidadãos e cidadãs.

A votação decorre na internet.  Através da APP “Maravilhas de Lagoa” podem votar todas as cidadãs e cidadãos portugueses e estrangeiros residentes no concelho ou fora deste. A fase final da votação terá um ponto alto na Fatacil 2017, devendo os vencedores ser apresentados numa Gala a ter lugar a 02 de setembro no Centro de Congressos do Arade.

Conhecer e mostrar este conjunto de algumas das melhores expressões do Património de Lagoa é um passo importante para valorizar e preservar as nossas mais emblemáticas maravilhas paisagísticas, culturais e artísticas, fazendo notar a sua importância singular, tanto junto das populações locais como de quem nos visita.

 

Iniciativa

Tipologia: concurso

  • No âmbito do ano temático referenciado ao “PATRIMÓNIO” – Olhar o passado, rumo ao futuro.
  • Objetivos: identificação, promoção, divulgação, defesa e preservação do acervo patrimonial concelhio.
  • Envolvimento da comunidade lagoense – cultural, artística, religiosa, empresarial, política, etc.
  • Dinamização de projetos de valorização por parte de associações e coletividades.
  • Escolha de 5 “MARAVILHAS” do património do concelho

Apadrinhamento

  • Apadrinhamento de uma ou mais “MARAVILHAS” pelas associações e coletividades do concelho
  • Atribuição de subsídios para desenvolvimento de projetos de valorização
  • Projetos visam valorizar e angariação votos na “MARAVILHA” apadrinhada
  • Escolha de 5 “MARAVILHAS” das 10 a concurso
  • Premiação (monetária) dos projetos de acordo com as “MARAVILHAS” vencedoras

Calendarização

  • Até 05 de junho – APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS
  • Até 16 de junho – APRESENTAÇÃO DE PROJETO(S)
  • 17 a 27 de junho – AVALIAÇÃO DOS PROJETOS E COMUNICAÇÃO ÀS ENTIDADES PROMOTORAS
  • 28 de junho a 27 de agosto – VOTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DOS PROJETOS
  • 02 de setembro – DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS / GALA com espetáculo de apresentação

Tipos de projetos

  • Projeção de filme histórico / documentário
  • Pequenos trabalhos de recuperação / reabilitação (limpeza, pintura, caiação, melhoramentos, etc.)
  • Desenvolvimento de percurso histórico, temático
  • Criação de brochura e outro material promocional
  • Organização de palestras
  • Levantamento fotográfico / videográfico
  • Redação de trabalhos / artigos científicos
  • Realização de espetáculos: música, teatro, performances, etc.
  • Atividades físicas e desportivas variadas
  • Recriações históricas e etnográficas
  • Concursos de ilustração, fotografia e outras artes
  • Propostas de apadrinhamento a longo prazo de sítio / monumento
  • Oficinas pedagógicas e educativas com comunidade escolar e / ou sénior
  • Todo o tipo de ações direcionadas à comunidade estrangeira
  • Visitas guiadas
  • Reunião e inventário de coleções museológicas
  • Demonstrações gastronómicas e showcookings
  • Mercadinhos e feiras de artesanato
  • Workshops com materiais tradicionais (barro, gesso, cal, etc.)
  • Exposições e mostras documentais
  • Jogos tradicionais
  • Desenvolvimento de conteúdos digitais, interativos
  • Narração de contos populares e lendas
  • Festival de grupos de cantares etnográficos
  • Ações de sensibilização para a preservação patrimonial

Subsídio e prémio

  • Subsídios: atribuídos após avaliação dos projetos
  • Entre 250€ e 500€ por projeto, conforme grau de complexidade do projeto
  • Cada associação / coletividade pode apresentar mais que um projeto + um projeto pode ser promovido por mais que uma associação / coletividade agregadas
  • Prémios: atribuídos após divulgação da votação / Gala de 02 de setembro
  • Valor por hierarquia de vencedores:
  • 1º - 1.000€ | 2º - 800€ | 3º - 600€ | 4º - 400€ | 5º - 200€

Inscrição e normas

  • Formulário de inscrição: enviado por email ou levantado no Convento de S. José
  • Preencher e enviar por email: ou entregar no Convento de S. José
  • Normativo: documento orientador que acompanha o formulário de inscrição, estabelece as normas e demais aspetos pertinentes que regulamentam o concurso
  • ATENÇÃO: os projetos devem ser totalmente autónomos, inclusivamente a nível logístico!

Votação

  • Mobilização da população
  • Aplicação para smartphone
  • Voto único, limitado ao número de telemóvel
  • Aberto a todos e a todas, residentes e não residentes no concelho, turistas, etc.
  • Quiosques interativos colocados em cada uma das freguesias e uniões de freguesias
  • Voto em uma “MARAVILHA” apenas